Coincidências existem ?

Alguma vez você já pensou num velho amigo que não a quem não vê a anos e, então duas horas (dias, semanas, meses) depois encontra essa pessoa num lugar que você não costuma freqüentar habitualmente ? Sim ? Parabéns, então você já sabe o que é uma coincidência significativa.

Os céticos dizem que coincidências não significam nada, afinal se alguma coisa pode acontecer, embora tenha pouca probabilidade, então não se deve ficar surpreso se ela realmente acontecer. Afinal, trilhões de eventos acontecem diariamente a bilhões de pessoas. Logo, é inevitável que coisas surpreendentes aconteçam de vez em quando. Ou seja, você só encontrou o seu amigo porque podia acontecer, só isso.

Os mais esotéricos dizem que tudo o que acontece na sua vida tem um significado, que coincidências podem ser desde avisos do seu anjo da guarda até “toques” de Deus para você seguir a sua “lenda pessoal”. Ou seja, aquele seu amigo que você reencontrou talvez seja a sua “Outra Parte” ! Corra atrás dele já !

Os espiritualistas dotados de senso de humor (infelizmente esses são raros) atribuem tudo a brincadeiras de um tal de “Grande Mágico Cósmico” que, supõe-se, teria criado o Universo e que seria uma espécie de lado bem humorado de Deus ou de Alá, se você preferir. Nesse caso você só reencontrou aquele seu amigo porque o “Grande Mágico Cósmico” queria te deixar com a pulga atrás da orelha mesmo.

Como tudo nesse mundo, as coincidências foram estudadas pela ciência. Não sei porque, mas toda vez que eu penso que cientistas sérios estudam algo tão banal quanto as coincidências eu acho que eles deveriam estar trabalhando no IMDLDCSO – Instituto Maximegalon para Descobrir Lenta e Dolorosamente Coisas Surpreendentemente Òbvias (Douglas Adams, of course).

Pulando as teorias quase herméticas de Jung e Pauli sobre a “sincronicidade” e indo direto ao assunto, hoje em dia os pesquisadores (gostaria de saber quem são eles) dividem as coincidências em dois tipos: as triviais, como séries de números ou divisões surpreendentes de cartas e as significativas que envolvem pessoas, eventos, espaço e tempo. As significativas por sua vez são divididas em subgrupos como as coincidências literárias, as de aviso, as úteis (quando a coisa certa acontece na hora certa) as de o-mundo-é-pequeno (como você encontrando seu amigo) e as encantadas, incidentes que lembram truques do “Grande Mágico Cósmico”.

Um exemplo clássico de coincidência trivial é o de Vera Nettick, de Princenton, Nova Jersey. Há uma chance em 635 bilhões de alguém receber treze cartas do mesmo naipe jogando bridge. Pois ela recebeu as treze cartas de ouros.

A maior coincidência literária conhecida aconteceu pouco antes da invasão da Europa pelos aliados em 1944. Nos 33 dias que antecederam o dia D as palavras secretas usadas para designar toda a operação apareceram como resposta de palavras cruzadas no jornal londrino Daily Telegraph, a última delas somente quatro dias antes do desembarque. Agentes de segurança invadiram as instalações do jornal esperando encontrar um espião nazista, mas só conseguiram encontrar o mestre-escola Leonard Dowe, que vinha criando as palavras cruzadas para o jornal há vinte anos.

Um caso estranho de coincidência de aviso se deu com William Reeves, que estava de vigia numa noite de abril de 1935 no navio Titanian que transportava carvão até o Canadá.

Em 1898 o escritor americano Morgan Robertson publicou um romance chamado “Futilidade” sobre um transatlântico, o Titan, que afundou numa noite gelada de abril, no Atlântico, após colidir com um iceberg na sua viagem inaugural.

Em 14 de abril de 1912 o Titanic tornaria real o romance de Robertson.

E em 1935 William Reeves estava de vigia num navio chamado Titanian, numa noite de abril e navegando no mesmo local onde o Titan e o Titanic haviam afundado. E ele tinha nascido no mesmo dia que o Titanic afundou ! Tomado de uma estranha premonição, ele não teve dúvidas: mandou parar o Titanian, que assim conseguiu desviar de um iceberg a tempo.

E, por fim, uma coincidência do tipo encantado. Quem nos conta a história é Eillen Bithell, de Portsmouth, citada no livro “O impossível acontece”, organizado por Peter Brookesmith:

“Durante mais de vinte anos, houve um cartaz emoldurado onde se lia FECHADO ÀS QUARTAS-FEIRAS pendurado na vitrine da mercearia dos meus pais. Alguns dias antes do casamento do meu irmão o aviso foi retirado para ser modificado. Quando o retiramos da moldura descobrimos, surpresos, que fora pintado no verso de uma fotografia. A surpresa foi ainda maior: a foto mostrava a noiva de meu irmão quando menina, nos braços do seu pai.

Ninguém sabe como a fotografia veio a ser utilizada como aviso na loja, pois nenhuma das pessoas era conhecida da minha família na época em que foi colocado. E agora, vinte anos depois, as famílias iam se unir pelo casamento.”

Brincadeiras do “Mágico cósmico” ? Simples eventos que, por mais improváveis que possam parecer, podiam acontecer um dia ? Ou simplesmente algo inexplicável ? Você decide !

Anúncios

29 comentários sobre “Coincidências existem ?

  1. Coincidências existem? Não sei, mas que acontecem, acontecem.

    Meu blog, como bem sabes, chama-se Idéia Fix, homenagem ao cão do Asterix.

    Inacreditável é que, com tantos nomes a escolher, logo o Ideafix tenha sido escolhido. Por que? Asterix e Obelix teve sua 1a publicação em 29 de outubro de 1959, 30 anos antes da data exata do meu nascimento…

    Coincidência?

  2. ENTAO….
    FIQUEI SABENDO QUE COINCIDENCIAS NAO EXISTEM. SAO FENOMENOS PSIQUICOS.
    DA MELHOR FORMA E EXEMPLO DE O PODER DA MENTE OU O SUCESSO DE DVD E LIVRO “O SEGREDO”.
    CASO VC CONSIGA LIMPAR A SUA MENTE DE QUALQUER TIPODE PENSAMENTO E CONSEGUIR FOCAR E SE CONCENTRAR SOMENTE EM UM PENSAMENTO NAQUELE MOMENTO, E AINDA ASSIM VISUALIZAR E SENTIR, AS COISAS ACONTECEM.
    VERDADE OU NAO, ISSO EU NAO POSSO DIZER, MAS QUE ALGUNS FATOS DE NOSSAS VIDAS SAO EXTRANHAS……
    PODE SER QUE NO MOMENTO QUE PENSAMOS EM NOSSO AMIGO E O ENCONTRAMOS OU ACONTECEM COISAS SEMELHANTES DEVERIAMOS DAR MAIS ATENCAO AO QUE ESTAVAMOS A PENSAR NOS MOMENTOS ANTERIORES. DE REPENTE ESTAVAMOS TOTALMENTE ENVOLVIDOS EM UM SO PENSAMENTO E ACABAMOS POR DAR FORCA A ELES MESMO SEM SABER.
    NAO DIZEM QUE OS PENSAMENTOS SE PROPAGAM COMO AS ONDAS ELETRICAS. E TUDO NO MUNDO E FORMADO POR ATOMOS: PROTONS, ELETRONS E NEUTRONS ATE NOSSOS PENSAMENTOS….
    VAI SABER O QUE ESTA CERTO, NAO E MESMO…………

  3. É meu amigo, você ironiza bem àqueles que acham que coincidências fazem parte da probalidade!! Mais acredito que nada na vida acontece por acaso. Por quê?? Sinceramente não sei. E agora eu só tenho a certeza de que nada realmente acontece por acaso, devido a essas coincidências citada no seu texto. A verdade seja dita a coisas que acontecem entre o CÉU e a TERRA que não explicamos e muito menos vemos, ouvimos ou conhecemos.

  4. Coincidências
    Se você acha que encontrar um conhecido num restaurante, num mercado, numa praia é coincidência, então veja isto…
    Abraham Lincoln foi eleito para o Congresso em 1846.
    John F. Kennedy foi eleito para o Congresso em 1946.
    Abraham Lincoln foi eleito presidente em 1860.
    John F. Kennedy foi eleito presidente em 1960.
    Os nomes Lincoln e Kennedy têm sete letras.
    Ambos estavam comprometidos na defesa dos direitos civis.
    As esposas de ambos perderam filhos enquanto viviam na Casa Branca.
    Ambos os presidentes foram baleados numa sexta-feira.
    A secretária de Lincoln chamava-se Kennedy.
    A secretária de Kennedy chamava-se Lincoln.
    Ambos os presidentes foram assassinados por sulistas.
    Ambos os presidentes foram sucedidos por sulistas.
    Ambos os sucessores chamavam-se Johnson.
    Andrew Johnson, que sucedeu a Lincoln, nasceu em 1808.
    Lyndon Johnson, que sucedeu a Kennedy, nasceu em 1908.
    John Wilkes Booth, que assassinou Lincoln, nasceu em 1839.
    Lee Harvey Oswald, que assassinou Kennedy, nasceu em 1939.
    Ambos os assassinos eram conhecidos pelos seus três nomes.
    Os nomes de ambos os assassinos têm quinze letras.
    Booth saiu correndo de um teatro e foi apanhado num depósito.
    Oswald saiu correndo de um depósito e foi apanhado num teatro.
    Booth e Oswald foram assassinados antes de seu julgamento.
    E a parte engraçada:Uma semana antes de Lincoln ser morte ele estava em Monroe, Maryland.
    Uma semana antes de Kennedy ser morto ele estava em Monroe, Marilyn.
    Lincoln foi morto na sala Ford, do teatro Kennedy…
    Kennedy foi morto num carro Ford, modelo Lincoln…
    Isto sim é que são coincidências!!!!

  5. Hoje eu acredito que existem sim coindicendias…
    Sou formada em marketing, e fui ate uma faculdade fazer inscricao em um curso de pos, em marketing mesmo, quando estava na fila do caixa, pagando a inscricao, me deu um “surto” e eu corri preencher outro papel me inscrevendo em enfermagem (pulando a parte chata)… um dia no laboratorio de anatomia esbarrei em um rapaz e qd olhei para pedir desculpas, estavamos os 2 com camisetas iguais (do Brasil, mas mesmo modelo) achamos graca da situacao e passamos a nos comprimentar… as coincidencias foram aparecendo: haviamos estudado na mesmo escola ate a oitava serie; nossas avós moram na mesma rua, com 5 quarteiroes de diferença; a irma mais velha dele foi minha professora de catequese; o sobrinho dele estudou por anos com a minha irma; ele e meu pai trabalharam na mesma empresa, em departamentos diferentes; minha mae foi professora de uma sobrinha dele; nenhum dos dois pretendia estudar enfermagem e nem naquela faculdade, ambos decidimos em cima da hora; e o mais interessante é que com tudo isso, nunca tinhamos sequer notado a presenca um do outro… detalhe, tambem moramos em bairros diferentes e estudamos bem longe de casa…. hoje nossa sintonia é tao grande que consigo saber que é ele que vai ligar antes mesmo do telefone tocar… ainda nao sei o motivo, mas de alguma maneira, tinhamos que existir um na vida do outro… nao acredito que seja so um mundo pequeno…

    • Caceta, pois é isso que aconteceu comigo, mas em escala beeem menor… deveria ter lido seu comentário antes de escrever o meu… adorei!! 🙂

  6. Coincidência
    A arte do encontro
    A arte do espanto
    A arte do encanto

    Um minuto à luz da lógica,
    esvanece-se

    Mas um outro dia
    Inesperadamente de novo acontece
    Então:

    De novo o mesmo espanto
    De novo o mesmo encanto
    E a sensação de que fomos
    de alguma forma especiais

    Gracio Reis

    Sobre dois inesperados encontros com meus amigos H.L.e K.M em Madri no dia 17 de Junho de 2007
    Publicado no Recanto das Letras

  7. se existem!! ainda me lembro em adolescente ter de treinar dança no colegio e a professora escolher os pares e eu ficar com o rapaz de quem eu gostava quando a turma tinha 17 rapazes!! sei q n é uma grande coincidencia mas tive outras com ele ja o tinha visto uma vez no aviao, outra no supermercado e, a mais recente num jogo de futebol, apesar dele nunca ter sabido q eu gostava dele!! loool.

  8. No meu caso já aconteceram coincidencias dificeis de explicar, relacionadas com os piratas das caraibas e a personagem que gosto de vestir, o jack sparrow, quando ainda ninguem se lembrava de fazer isso.. lol…
    Houve um concerto que vesti o jack e fui inclusive chamada ao palco, pelo cantor Michael Franti, Norte Americano. Ele viu me e disse: “Johnny, que estas a fazer aí? vem para aqui! Todos digam olá ao johnny depp!”
    E vi dez milhoes de pessoas a gritar pelo johnny a olharem para mim e foi o momento mais surreal da minha vida, em cima do palco inclusive a cantar.
    O que é certo, nao sei como, tempos depois umas amigas vieram comentar que tinham visto o pirata no concerto, amigas em londres, na belgica e aqui em portugal, dizendo me o incrivel e o fantastico e como era igual, ao que eu respondi toda inchada:”fui eu!”

    Outra coincidencia estranha esteve relacionada com uma musica que escrevi na viola faz muito tempo, e uma vez estava tocando, e como adoro os piratas e o johnny depp tinha colado no armario dois posters de filmes com o johnny. Quando reparei na musica, uma grande coincidencia, tinha escrito uma parte que dizia ” a lua brilha profundamente no teu coração”, e em muitos posters com o johnny, de filmes, a lua está a brilhar exactamente no seu coração. Nesses meus dois posters acontecia exactamente isso, eram iguais.
    Fiquei bastante pensativa!

  9. O que existe são coisas que muitas vezes não compreendemos ou não temos capacidade de perceber, as mentes estão interligadas de alguma forma, ninguém foge do seu meio, tenho experiência de viver em um determinado município quando criança, e hoje vivo em outro, mas muitas pessoas que se relacionaram comigo no passado estão a minha volta, com relacionamentos diretos e indiretos. Costumo as vezes ter pensamentos que se realizam quase que instantâneamente, ou mesmo sentir quando alguém está em dificuldade e posso ajudar. Muitas coisas que crio, as vezes me parecem ser de uso único, mas derrepente, começo aplicá-las em mais de um projeto por que mais de um cliente solicita a mesma coisa, como se ambos tivessem combinado isso, embora não se conhececem.
    Quando notei minha esposa pela primeira vez tinha 15 anos e ela com 19, vi na rua com seu namorado e no mesmo momento senti um desprezo por aquele cara e esqueci o assunto, anos mais tarde trabalhamos juntos e acabamos nos casando, acabei ainda descobrindo que ela morava em frente a praça que eu brincava quando criança entre outros encontros que tivemos. Não existem coincidências, o mundo, a nossa mente, conspiram a nosso favor.

  10. Essa coincidência foi uma das duas maiores que aconteceram comigo.

    Morei em Sydney, de 2008 a 2009. No mês de setembro de 2008, estava viajando pela Austrália e resolvi fazer um daqueles passeios de Ferry e tirar umas fotos da cidade. Brisbane.

    NO meio do passeio, uma garota sueca me pediu pra tirar uma foto dela e, lógico, eu tirei. Conversa vai, conversa vem, contei pra ela que estava morando em Sydney e que estava apenas passeando em Brisbane. Ela disse que estava estudando medicina em Brisbane, mas que pensava em conhecer Sydney. A gente cnversou um pouco, mas não trocou telefone nem e-mail. Era pra conversa terminar ali e pronto.

    Ela desceu do Ferry antes de mim e pediu pra tirar uma foto minha. Como ela pediu uma foto minha, também pedi pra tirar uma com ela com a minha câmera. Abri aquele sorrisão do lado dela e eu mesmo tirei a foto da gente. Ela sorriu, desceu do ferry e deu tchau. Eu gritei brincando “na próxima vez que a gente se ver eu mando a foto”.

    Blz. Esqueci que ela existia.

    Voltei pra Sydney e voltei pro meu trabalho. Era garçom em um restaurante em Leichhardt, bairro italiano. Um mês depois a MESMA garota que conheci no ferry, em Brisbane, apareceu pra jantar e eu fui falar com ela, com cara de espanto. Ela fez uma cara mais assustada ainda e não conseguiu acreditar. Trocamos telefone, e-mail. Passei a foto pra ela e nos falamos até hj.

  11. Minha vida é cheia de coincidências, moro em uma casa em um bairro de SPaulo, minhas vizinhas da casa da esquerda e da direita eram tb vizinhas de rua em outro bairro de SPaulo???Qdo compramos a casa e vimos…q surpresa?Meu namorado atual foi meu namorado qdo adolescente e nos encontramos pela “Net” num site de busca. A Filha + velha dele tem a mesma idade da minha, nasceram no mesmo ano. Minha irmã tb namora um rapaz q era da mesma turma do passado. E várias outras. Conspiração dos Deuses?Coincidência?abçsss.

  12. Acho que tudo ocorre por uma certa razão, vários sonhos que eu tive, já se realizarão, vou citar apenas um, em 1998, sonhei que minhã irmã não morava na casa de meus pais e que lá na casa de meus tinha uma criança, que eu perguntei a minha mãe que era, e ela me disse e de sua irmã, e perguntei dela e ela respondeu, ela não mora mais aqui ela foi embora para outra cidade, e então de repente, ela chega n acasa de meus pais com uma outra criança no colo (uma menina), acordei assustada. Passou um tempo e aconteceu tudo isso. Ela estava gravida no momento do meu sonho, e estava escondendo a gravidez, ganhou a criança e quando o filho dela quando estava de 7 meses, ela foi embora para outra cidade e deixou seu filho para minhã mãe cuidar, e lá teve outra filha. Agora me digam será que existe coincidência ou é tudo por acaso??????

  13. Minha avó faleceu no 8/8/88 e tinha 88 anos

    Meu sogro faleceu do dia do meu aniversario e minha sogra no aniversario da minha filha.

    Eu minha esposa e meus dos filhos nascemos numa terça-feira.

    É muitas coincidências

  14. Cada um pode ter sua própria versão da existência (ou não-existência) das coincidências. Mas particularmente, acreditar nelas é muito mais legal. Tem gente que procura coincidência em coisas que não são, por exemplo:

    “Eu tenho um amigo de um amigo que é casado com um amigo de outro amigo que se encontraram no mesmo bar”. Sei que foi um exemplo desprovido de criatividade, mas enfim… É fácil vermos coincidência onde não tem.

    Eu tenho histórias bizarras (poucas, mas tenho) envolvendo essas brincadeiras do mágico-cósmico, e passei a acreditar que tais coincidências são frutos de algo que não posso explicar, mas que existem. É bem provavel que eu cético se nada disso tivesse acontecido.

    Para resumir: Não faz diferença as crenças que possui, desde que elas sejam justificáveis para si mesmo.

    PS.: Eu encontrei seu blog ano passado (por coincidência?), quando procurava alguma coisa ligada a dimensões. Não sei porque raios caí numa página falando sobre as previsões de 2010, e começei a lê-las e gostar do blog. Sé que aí eu fechei o navegador, e acabei esquecendo daqui (shame on me, eu sei).

    No começo do ano eu vasculhei todos os históricos para tentar relembrar o endereço desse blog, pois queria ler as previsões para esse ano. Só que não encontrei de modo algum, mesmo usando toda as palavras que poderiam me fazer vir até aqui de novo. A parte da “coincidência” foi que eu deixo o histórico do google salvando todas pesquisas que faço nele, só que naquele dia, por algum motivo inexplicável estava desativado.

    E cá hoje encontro vosso mesmo blog de novo, quando eu, sem querer, saí pesquisando por “coincidências”. Mesmo que tudo isso seja apenas uma simples probabilidade de acontecer que aconteceu, eu ainda acho mais divertido ser humilde e aceitar que não faço a menor idéia do que raios é tudo isso. Por falta de mais alternativas fico com a do Mágico-Cósmico trollando as pessoas para passar seu tempo.

  15. Nada é por acaso…!

    Derepente começou a passar diversas vezes na tv algo sobre gravidas, houvia no rádio assuntos relacionados, quando minha familia estava para jantar, quando se reunia todos na mesa esse assunto rolava do nada… minha irmã veio a ficar gravida e eu comecei a pensar em tudo que tinhamos falado, visto e houvido…
    i aiii… coincidências?!?!?!
    Eu via o nome de uma pessoa em muitos lugares, na tv, escrito em caminhões, passando em filmes, no rádio, certa vez estava em um escritorio e vi um pessoa com o mesmo nome e começei a me pergunta o porque de ver e houvir tanto o mesmo nome então acabei me reencontrando com uma pessoa e viver um belo e incrivel amor…
    Eu, acredito… acredito mesmo… nada é por acasoO…

    • hehe, pois é, é muito mais legal acreditar. Já pensou um cara chato chegando ao seu lado e falando: “Ah cara, isso tudo foi por acaso”. Se ninguém tem provas de nada, então que mal faz as teorias? Ou mesmo que algum dia venha a existir provas; já dizia Morpheus que a ignorância é uma benção! =D

  16. isso das coencidencias ja me aconteceu
    e assim explicovos um momento em que houve uma coencidencia
    foi assim eu estava a ir para famalicao com o meu pai no seu carro e na radio estava adar uma publicidade sobre uma fabrica e por cencidencia passei por essa fabrica

  17. o meu pai faleceu a 4 de setembro de 2006 dois anos depois na mesma data no mesmo local onde ele faleceu eu ia no carro dele a comentar essa recordaçao com minha mae e nisto o vidro do meu lado caiu foi se o elevador achei uma grande coencidencia arrepiei me todo mas ontem 4 de setembro 2011 tive um acidente com o carro choque frontal e ai ja é demais para ser uma mera casualidade e de agnostico passei a crente… ja tinha sonhado com o meu pai a dizer que queria o carro pois era dele…uma semana depois dele ter falecido o carro avariou saia faiscas do motor….parte electrica. portanto meus amigos a ser coensidencia é muita coisa junta para o ser…uma mensagem do alem a dizer que existem? quais a probabilidades de isto acontecer??? estou muito baralhado e penso que ciencia nao explica isto…

  18. OI, Henderson, saudades!!

    Bom, adorei o texto, como sempre muito bem escrito!!
    É estranho dizer isso, pq esse não é um texto particularmente emotivo, mas vc acabou de tirar um vazio do meu coração e por isso vou compartilhar um pouquinho da minha história aqui.
    Como vc deve se lembrar, eu era de uma pequenina e promissora micronação chamada Esparta, era a primeira vez que eu tinha contato com o micronacionalismo e estava aprendendo e gostando muito de como funcionava a coisa, até que o fim de ano chegou e a inatividade tomou conta de nossa “polis” só restando como cidadãos realmente ativos eu e o Diógenes. Com esse marasmo reinando por lá, houve um convite do Cava (eu acho) para Esparta tornar-se cantão de Pasárgada. Eu fui contra, achava que nossa cultura seria deixada de lado, entre outros argumentos, mas meio que fui voto vencido no plebiscito, uma votação tbm aconteceu em Pasárgada pra saber se os cidadãos nos aceitavam, pois um cidadão de lá, chamado Ygor Lazaro, tbm foi extremamente contra, e assim como eu acabou perdendo… pois bem Esparta foi anexada e tudo correu bem, e eu conheci esse tal Ygor, descobri que ele só havia voltado para Pasárgada havia poucos meses e depois de muitos pedidos do Cava pois já estava desgostoso com o MN… ele descobriu que eu só entrei no micronacionalismo pq o Rodrigo Mariano, me achou numa comunidade sobre filosofia grega do orkut e insistiu muito dizendo que o link que ele me passava (pois eu não o conhecia) não era virus (hahaha)…
    Enfim, eu e Ygor nos apaixonamos e estamos noivos, ontem nós brigamos e isso está me deixando muito triste pois pode por fim ao nosso relacionamento que vem florescendo tão bem. Lutamos d+ pra ficarmos juntos e bem ou mal, isso cansa. Mas lendo o seu texto agora, e lembrando de todos os eventos que aconteceram pra que nos conhecêssemos, me fez lembrar que a própria vida nos quer juntos, seja coincidência, destino, fenômeno psíquico, o que interessa é que apesar de nossas ações os nossos caminhos se esbarrariam que qualquer jeito.
    E depois de tanta luta nossa, e mais uma ajudinha da vida, eu não posso deixar a minha “outra parte” escapar não é mesmo??
    Obrigada e desculpe pelo desabafo.

    Beijos

  19. Acredito muito em coincedencias,pois em 1998 tinha 12 anos de idade e conheci o grande amor da minha eu era uma menina mas era muito apaixonada por ele que tambem era 12 anos mas velho que eu, devido algumas circustancia terminamos o namoro eu sofri bastante mas superei,exatamente 12 depois nos reencontramos por coincedencia, tivemos uma filha fruto do nosso espero que ele volte pois teve que partir devido a trabalho outra coincendencia é as incias do nosso nome FAbiana Afonso as duas primeiras letra outra coincendencia foi que quando nos reencontramos da segunda vez eu tinha a idade dele quando ficamos juntos pela primeira é coisas sem explicações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s