Manual: como ser um chato legal – parte 2

Essa é a segunda parte do manual de como ser um chato legal. Se você perdeu a primeira parte, veja o post abaixo ou simplesmente clique aqui.

6 – Seja pontual e depois se atrase

Desenvolva uma pontualidade que faria um lorde inglês ter inveja de você. E reclame dos que chegam atrasados. Coloque a sua melhor cara de bravo no rosto, bata no relógio e diga, por exemplo: “Estou aqui a exatamente 15 minutos e 42 segundos plantado te esperando !”. Depois que a sua fama de ser um pontual chato se espalhar, comece a se atrasar sistematicamente. Dê desculpas absurdas, como ter ido levar a sua tartaruga de estimação para passear. E não aceite reclamações. Quando todos já tiverem esquecido sua fama de pontual, comece tudo de novo, e assim sucessivamente.

7 – Brigue por coisas pequenas

O café da firma está horrível ? Reclame com todo mundo, diga que é um desrespeito aos funcionários, faça um abaixo assinado. Foi expulso daquela comunidade do Orkut porque você era um cara chato ? Encha o scrapbook do dono ou dos mediadores da comunidade de recados e exija saber porque foi expulso. Ou crie um (quem sabe vários, se você tiver tempo sobrando) perfil fake e atazane a vida de todo mundo.

8 – Conte histórias constrangedoras da infância – dos outros

Aquele seu amigo de infância está se casando ? Ótima oportunidade para desencavar aquela história cabulosa da infância dele e que só você sabe. Se for preciso, invente alguns detalhes bem constrangedores. E não se faça de rogado: conte tudo na frente dele, falando bem alto para atrair a atenção de todo mundo. Se ele partir para o ataque e contar coisas sobre você, use a dica número três: simplesmente ignore.

9 – Esqueça ou troque o nome das pessoas

As pessoas gostam de ser chamadas pelo nome. Por isso, decore o nome de todo mundo que trabalha/estuda com você. E depois esqueça propositadamente. Chame o Carlos de Asdrúbal, a Ana de Joaquina, e por aí vai. Se você resolver levar a sério a dica de ser um sacaneador full-time, invente apelidos esdrúxulos ao invés de somente trocar o nome. Mas esteja pronto para o revide. Nesse caso, use novamente a dica número três (já perceberam que a dica número três é importante, né ? Porque ela não é a dica número um então ? Porque eu sou chato, oras. Álias, esses parênteses enormes também são chatos.): simplesmente ignore.

10 – Use gírias de fora da sua tribo

Todo mundo pertence a uma tribo, com gírias próprias: micreiros, surfistas, skatistas, nerds, manos da periferia que torcem para o Corinthians. Até quem acha que não faz parte de uma tribo acaba na verdade fazendo parte da tribo dos sem-tribo. Então, se, por exemplo, você faz faculdade de informática, evite usar as gírias dos geeks que dominam a sua turma. Tente usar as gírias dos manos, mais ou menos assim: “Firmão, brodi ? Vou te dar a real: to com sangue nosóio por causa da prova de POO amanhã, ta ligado ?” para dizer que está nervoso com a prova de POO amanhã.

Essas dicas são só a ponta do iceberg da chatice legal, e devem alçar instantaneamente você à categoria de chato legal, aquele que pelo menos não é insuportável. Com o tempo você vai acabar desenvolvendo o seu próprio modus operandi, adaptado ao habitat em que você vive e às necessidades das suas vítimas, digo, amigos. Como última dica: seja cuidadoso. A linha que separa os chatos legais dos insuportáveis é tênue. E ser um chato insuportável pode trazer danos irreparáveis a sua vida pessoal, profissional e amorosa.

Tem mais alguma dica para ser um chato legal ? Os recados estão aí a sua disposição. Não seja chato, compartilhe com a gente.

Anúncios

6 comentários sobre “Manual: como ser um chato legal – parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s