Os universos de Hitler

Hans Horbiger foi um engenheiro austríaco nascido em meados do século XIX. Ficou rico graças a uma patente de um sistema de torneiras inventada por ele.

Com tempo sobrando, Horbiger resolveu se dedicar à Astronomia. Desenvolve então a Welteislehre, a doutrina do gelo universal. Segundo ele, em tempos remotos houve um choque entre um “supersol” (milhões de vezes maior que o nosso Sol) e um gigantesco planeta de gelo. Da explosão surgiram fragmentos de gelo que formaram os planetas, as luas e até a Via Lactea.

Teoria maluca ? Calma, que ainda piora.

Horbiger diz que os planetas estão se “acotovelando”, ou seja, caindo em direção ao Sol. De acordo com ele nosso planeta já foi atingido por três luas, que exterminaram raças de “gigantes” que povoaram nosso planeta. A única evidência que existiram um dia são os monumentos megalíticos ao redor do planeta, como Stonehenge ou Baalbek.

410px-Hanns_Hörbiger

Cientista maluco ? Imagina...

Claro que essa teoria não faz o menor sentido. Mas Horbiger foi um nazista de primeira hora. Com a chegada de Hitler ao poder, suas teorias malucas são aceitas como verdade universal. E quem discordasse ia passar umas férias na prisão ou, se tivesse sorte, expulso do país.

Mas, se uma teoria maluca é pouco, duas são melhor ainda, não é mesmo ? Peter Bender, protegido de Hermann Goring, o poderoso número dois do regime nazista, também tinha a sua teoria maluca sofre o surgimento do universo. E ela consegue ser mais delirante ainda do que a de Horbiger.

A teoria de Bender ficou conhecida como Hohlweltlehre, a doutrina da terra oca. De acordo com delirante teoria, nós vivemos na face interna de uma bola esvaziada. No centro da esfera, o que achamos que é o céu na verdade é uma bola de gás azulada salpicada de pontos luminosos que chamamos de estrelas. O Sol e a Lua são minúsculos astros suspensos no centro da Terra. Fantástico, não ?

Com duas concepções de universo tão diferentes, os dois lados resolveram pedir o arbítrio de Hitler. Com qual lado ele ficou ? Com nenhum. Ou melhor, com os dois. De acordo com Hitler “não temos a menor necessidade de uma concepção de mundo coerente. Ambos podem ter razão”.

A decisão salomônica de Hitler não agrada aos partidários de Bender. Em 1942 ele faz um experimento para provar sua teoria: enviar raios infravermelhos e detecta-los com um radar, depois que ricocheteassem na vertente oposta da terra oca. Claro que não dá certo. Bender cai em desgraça, é aprisionado num campo de concentração e morre. Apesar da indecisão de Hitler, os horbigeristas acabaram vencendo no final.

Triunfantes, os horbigeristas influenciam decisivamente na derrocada da Alemanha nazista. Entre outras, eles preveem invernos pouco rigorosos em 1941 e 1942. Por isso os soldados enviados para a Operação Barbarossa são mal equipados para o frio russo. O resultado todos nós sabemos qual foi..

Anúncios

3 comentários sobre “Os universos de Hitler

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s