Quebrando regras: comentando os comentários

Quando eu criei o Depokafé, a pouco mais de um ano e meio atrás, eu me impus uma regra básica: não criar um post para comentar os comentários que eu recebesse.

Bem, regras foram feitas para serem quebradas. Espero que essa seja a primeira e única vez que terei que fazer isso, mas fui atropelado pelos fatos.

Meu prezado leitor, minha cara leitora, antes de continuar a leitura desse post, eu gostaria que vocês lessem esse post sobre 10 curiosidades sobre a Bíblia. Leia tudo, inclusive os comentários. Eu espero.

Agora que você já voltou, talvez fosse útil você saber que esse post é o quinto post mais lido da curta história desse blog. E isso sem eu nunca ter feito divulgação dele em lugar nenhum e sem nunca ter sido citado por nenhum outro blog ou site. Um fenômeno de audiência (guardadas as proporções desse humilde blog, claro) que eu nunca consegui explicar totalmente, já que eu escrevi coisas muito melhores e que não tem nem um terço das visitas desse texto.

E é um texto inofensivo também. Não agride nenhuma religião cristã. Não está cheio das críticas (muitas vezes sensacionalistas) de blogs não-cristãos quando comentam algo sobre a Bíblia (ser ateu é “chique” na blogosfera). É basicamente um apanhado aleatório de fatos pouco conhecidos sobre a Bíblia reunidos por um amador que leu a Bíblia toda (três vezes) e mais alguns livros sobre Teologia. Em outras palavras: é livre interpretação bíblica.

Por isso, foi com muito desgosto que eu vi os comentários desse post se tornarem palco para pregações neo-pentecostais e ataques e contra-ataques de católicos a eles. Dos mais de oitenta comentários postados lá, só se salva uma meia dúzia.

Eu fiz tudo para tentar manter a discussão do post em níveis aceitáveis. Argumentei, tentei ser tolerante, ameacei. Mas sempre chega alguém que tem a mesma interpretação de texto de uma ameba defeituosa e joga a sua verdade na cara dos outros como se ele fosse e suas crenças fossem a única coisa certa nesse Universo. Por isso eu cansei.

Estou, a partir de hoje, fechando os comentários daquele post, por tempo indeterminado. Eu sei que isso vai contra o espírito democrático da blogosfera, mas que se dane. Não sei se isso vai afetar a audiência do post, mas não estou preocupado com isso.

Para os neo-pentecostais que comentaram por lá e que talvez voltem para ler esse texto, eu tenho a dizer que vocês muitas vezes me acusaram de ser católico injustamente. Bastava que vocês tivessem lido a minha crítica mordaz contra a Opus Dei ou as minhas reservas ao episódio da quebra do Banco Ambrosiano ou a “limpeza ideológica” feita com os que apoiavam a Teologia da Libertação que vocês já teriam percebido que eu não sou católico. E bastaria vocês terem um pouquinho, mas só um pouco mesmo, de interpretação de texto para perceber que aquele post não era uma defesa dos dogmas católicos. E tenho a dizer também que fiquei muito puto da vida por estar sendo criticado por estar fazendo livre interpretação da Bíblia, que foi um dos pilares da Reforma Protestante, da qual vocês não são nada mais do que filhos bastardos. E aproveito ainda para sugerir que se vocês querem fazer “pregação virtual” que procurem comunidades do Orkut ou blogs neo-pentecostais (eles andaram crescendo muito ultimamente, como eu observei nesse post). Meu blog não é o melhor lugar para isso.

Já para os católicos que resolveram fazer do meu post uma nova “cruzada” para defender os seus dogmas, eu sugiro que leiam o livro-entrevista do Papa João Paulo II, “Cruzando o limiar da esperança” (sobre o qual já escrevi um post). Nesse livro, quando ele foi perguntando porque Deus havia permitido que a religião cristã se dividisse em tantas religiões diferentes, ele respondeu que foi para que fosse reveladas várias nuances da palavra de Deus que não teriam sido possíveis se fosse uma igreja só. Ou seja, até o Papa mais popular e querido de todos os tempos vê coisas positivas entre os “cismáticos” como vocês gostam de chamar todos os não-católicos. Então aprendam a respeitar a fé dos outros. Hoje vocês ainda são maioria, mas se continuarem arrogantes o “vento” pode mudar em pouco tempo…

E para os meus leitores habituais, eu peço desculpas por esse texto em tom de desabafo, mas é que eu não aguentava mais. E tomara que eu não tenha nunca mais que fazer isso de novo. Como eu gostaria de ter comentaristas como os do Ideafix numa hora dessas…

Anúncios

29 comentários sobre “Quebrando regras: comentando os comentários

  1. Gosteii (Y) …
    Verdadee ,
    O povo hoje em dia está mas preocupado Com a RELIGIÃO …
    Do que com DEUS ….
    Não importa sua Religião , Siga a DEUS e a sua PALAVRA !

    • AS PESSOAS HOJE EM DIA ,PREOCUPA TANTO COM A RIQUEZA Aqui NA TERRA , SEM ENTENDER QUE A MAIOR RIQUEZA , QUE PODEMOS POSSUIR APENAS NO CÉU .NESTE MUNDO TUDO QUE POSSUÍMOS E TEMOS ,,,VIVEMOS NA ILUSÃO. A MAIOR RIQUEZA QUE PODEMOS ADQUIRIR ,APENAS A RIQUEZA DO CÉU A SALVAÇÃO ..

  2. Herderson, fico chateada que isso tenha acontecido. Um post sobre cultura geral (sim, a Bíblia é um livro, né?) virou um palco de debates entre ignorantes, intolerantes e insensatos. Teve gente que postou artigos inteiros sobre/contra Maria… nem era a questão! Aliás, religião não era a questão. Aff…
    O que me preocupa , como cidadã, é que a falta de educação do país chegou num ponto alarmante, e a internet só está deixando isso muito claro. Os jovens brasileiros não entendem o que lêem. Não sabem escrever (vide o orkut). Não interpretam corretamente os textos. Isso tudo contribui, obviamente, para que situações como a que ocorreu no fatídico post se repitam em outros blogs. A questão religiosa nem é de se comentar, porque a intolerância me causa engulhos e a “evangelização” forçada me dá nojo. Enfim, espero que você tenha sucesso no seu blog, que é um dos melhores que tenho lido ultimamente. Saudações, meu caro!

  3. Caro, Henderson…
    Tenho 25a, evangélicos desde os 10a, assembleiano…
    Estou aki para dizer apenas o seguinte:
    Você está de Parabéns….
    Pow, cara, vc não é evangélico, não é católico… então tu deve ler mto…
    Há algumas posições, do post inicial, q não foram aceitas por mim, mas…

    Para terminar, um recado a todos: eskeçam esse negócio de religião… No livro de Atos está escrito: “Porque debaixo do céu, nenhum outro nome há dado entre os homens pelo qual devamos ser salvos…” Jesus morreu na Cruz por amor a nós… Em Isaías 59:2, encontramos: “as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus…”. Religião é religar o homem a Deus! Só Jesus faz isso… Não é Assembléia, Batista, Católica, TJ, Adventista… Nâo é rótulo denominacional… é JESUS, Autor e Consumador da nossa fé. Fico por aki… Ressaltando q não sou a favor de flames wars(me amarrei nestas palavras, Henderson! Traduzi ao pé da letra!8))

  4. Henderson, a frase “tu deve ler mto…” não é uma ordem, e sim um reconhecimento… Não é ironia, te achei inteligente pacas!

    “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele q nele crê não pereça, mas tenha a vida Eterna!” João 3:16

    Vc, leitor, q entende este versículo, se encaixa nele, e capta a mensagem enviada… Vc é meu irmão!

    Deus abençoe a todos.

  5. Á Paz de Cristo para todos sou novo convertido da Assembleia de Deus e estava acompanhando com bastante atenção ao desenlace deste excelente artigo (10 curiosidade sobre a Biblia) escrito pelo caro Handerson, parabéns, você conseguiu fazer uma coisa que em 1º lugar poucos conseguem; exercer o livre Arbitrio com sabedoria, é só ler e ver quanta hipocrisia por parte de pessoas que comentaram o artigo e que ainda se declaram seguidores da palavra de Deus, ora o 1º e único mandamento diz “Amar a Deus sobre todas as coisas e Amar ao proximo como a ti mesmo” no momento em que você passa a dizer que o outro esta errado sobre determinado assunto sobre a Biblia, quando é sabido por todos que a palavra se renova a cada dia e que não é por força nem por obrigação que devemos aceitar a Jesus como único salvador e sim com nosso coração pois a salvação é única, intransferivel e para TODOS que a buscam, você esteja na verdade afastando o futuro irmão em Cristo da denominação ao qual você acha que é a única que detêm todos os direitos sobre a palavra de Deus. Lamento mais doutrinas, denominações, interpretações e visões sobre a palavra de Deus muitas das vezes esconde a fraqueza (em todos os sentidos da palavra Fraqueza) e o medo de uma interpretação que nem ele(a) tem certeza por isso a necessidade de outros em sua volta para não ficar sozinho. Como realmente poucos estão focados no 1º e único mandamento e a Biblia nos diz em Meteus 20:16 ,porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos, é por isso que creio eu que o caro Handerson, foi mais um ser usado por Deus e finalizou com muita sabedoria e no momento certo o rumo desgovernado em que estava indo os comentarios e vejo você meu irmão Handerson, como um instrumento poderoso e que vai ajudar muito ajudar na na divulgação e debates sem hipocrisias da palavra de Deus independente da sua religião ou credo.
    Por isso meu Irmão lhe dou Á PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO HANDERSON.

  6. Caro Francislucio,que a paz de Jesus seja convosco,eu não gosto desse termo “novo convertido”, pois não é o tempo em que vc se converteu, mas sim o compromisso que vc tem com Jesus, conheço pessoas que tem 30 anos ou mais de convertido a Cristo que precisam aceitar Jesus novamente, (veja a parabola dos trabalhadores na vinha),compram e não pagam, falam mal da vida alheia, já trocaram esposa Km rodado por uma esposa 0 Km.
    Gostaria que todos vivessem no primeiro amor, seria um Cristianismo mais agradavél aos olhos de Deus,vejo irmãos em Cristo jesus discutindo e brigando por causa de placa de igreja, quando o Senhor Jesus vem é buscar um povo lavado e remido pelo Sangue do Cordeiro(bem aventurados os que lavam as suas vestiduras no Sangue do Cordeiro, AP 22).
    Eu também sou da Assembleia (Belem) mas isso não faz diferença aos Olhos de Deus, mas sim as Minhas obras (pelo fruto é que se conhece a arvore).
    Não deixe de Orar e buscar conhecimento da palavra de Deus, quem não conhece a palavra não conhece a Jesus( Ele é o verbo que se fez carne 1 João).

  7. Li o seu Post, e qualquer um que tenha conhecimento de Bibliologia; pode notar o seu conhecimento nesta area. Aqueles que procuram se gladiarem usando a religião, são aqueles que não tem conhecimento Dela.

  8. Caros amigos, fico triste em ver q no mundo ainda existe uma falta de sabedoria tremenda.
    Gostei muito do post, mas os comentarios fugiu totalmante de comentarios de verdadeiros critãos, um querendo ser mais q o outro!! Por isso eu repudio tudo. Glorias a Deus pq o q ele tem nos ensinado não tem nada a ver com aquilo q ouve Jesus nos diz na palavra de Deus o seguite maior no céu é aquele q serve e não aquele q é servido!! Jesus nos mostrou um tremendo exemplo de humildade, ele abriu mão da sua gloria pra se fazer homem e morrer por nós por nossos pecados pra que?!! Pra nós nos ofender q triste como evangelico q sou peço perdão por todos q se diziam evangelicos mas não tiveram atitude de um.
    Em toda a biblia Deus tenta nos ensinar um mandamento no qual se basea todos os outro q é o “AMOR”!!!!
    Deus abençoe a todos

  9. As vezes me pergunto em pensamento a quem quer que seja e isso me inclui:
    “O que você tem mais, conhecimento sobre a bíblia ou caridade executada?”

  10. HAHAHAHAHAHAHAHAH!!!!!!!!!!!!!!!

    Bem , Cá estou eu novamente …

    Um feliz Ano-Novo pra todos…

    Vamos esquecer os calorosos debates teológicos, de cunho dogmático pra trás…

    Um abração pra todos!

  11. Eu gosto de debate teologico, mostra a visao dos outros a respeito da palavra de Deus, o q nao pode é enfeitar o palhaço, como alguns fazem.

    Paz e Graça da parte de Nosso Senhor Jesus.

    O Unico Salvador.

  12. fiquei feliz por tudo isto, e curioso para entender a biblia.
    vou ler pra poder participar junto com voces, Continuem
    estou acompanhado vc.
    Não parem HANDERSON, ALVARO, ALINE, GLEICY e LEKA

    obrigado,

  13. Conheci seu blog so hoje, muuito bom, e esse post me chamou a atençao por causa dos comentarios, sou evangélica, mas me indigna o que a grande maioria dos evangélicos fazem, impor a nossa crença como única e verdadeira e a quase obrigar a qualquer outra pessoa que nao seja evangelica a se converter…se Deus deu o livre arbitrio é para que cada um acreditasse e fizesse o que bem entender, se Ele nao impos nada a ninguem por um simples ser humano que impor??? Nao concordo com isso…porque alem de tudo chega a ser falta de respeito!!!parabens pelo blog

  14. Henderson, Gostei do conteudo que nos trouxe sobre a biblia, amo conhecimento, pois ele não nos permite ser cegado pelos homens, que não sabem nada e que criam interpretações.
    Outra coisa, Prezado Pedro, respeito sua posição e crença em seguir algo que foi ensinado desde a infancia, porém deve-se desapegar das tradiçoes passadas, pois os judeus que perseguiram a Cristo seguiam tradiçoes e o que fizeram? mataram seu próprio Salvador, e pensar que a Igreja Católica foi a Igreja deixada por Cristo é pouco conhecimento Cultural, se ler alguns livros de História e fazer uma pesquisa não tão aprofundada de principio, verás que a pessoa que criou a igreja católica, foi um Imperador de Roma chamado Constantino,isso 325 anos depois de Cristo, nessa época os Apóstolos já estavam mortos, não haveria como eles viverem 300 anos, concorda? Constantino queria ter poder Politico sobre as pessoas e uniu entao as crenças da época, modificou varias coisa e denominou isso de Igreja Universal, que é o significado de Católica. e nenhuma escritura da referencias de Pedro sendo um Papa, e sim várias como Apóstolo. Hoje as pessoas ficam pulando de galho em galho procurando qual a melhor igreja, qual a mais popular, qual tem mais canto, qual tem mais Oração, temos que pensar e Procurar uma igreja que ensina tudo, eu disse tudo o que foi ensinado por cristo e nao por lideres que se dizem estudados, mas verdade sao homens simples, muitas vezes nao tem leitura, e abrem igrejas em fundo de quintais e etc. esqueçam as interpretaçoes pessoais. mas observem em compreender o que realmente esta explicado nas páginas desse livro citado o qual deu inicio a toda essa discussão.

    • Ama seu próximo como a você mesmo; aquele que nunca pecou que atire a primeira pedra; não deseje ao seu irmão nada além daquilo que deseja para você mesmo. Isso é religião, ensinada em diversas línguas e culturas, por filhos de Cristo, de Buda, hinduistas, e os que tais… Se conseguir aprender a respeitar e amar o seu próximo, e principalmente a perdoá-lo, já terá dado um grande passo para que a humanidade não aumente os problemas a resolver. Agora, Jesus tem sim um grande séquito de aliados, chamem de santos ou o que lhe convier. E outra: coisa mais aborrecida ficar doutrinando os outros por blog, já não basta a gritaria dentro dos templos, como se Jeus fosse surdo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s