Livros que só eu li. Ou não.

Antes de existir o Skoob, eu tinha a impressão de que existiam alguns livros que só eu tinha lido. Depois do Skoob, eu tive certeza disso.

Ok, eu sei que é exagero achar que só eu li um determinado livro. O Skoob tem poucos usuários – uns 80 mil, de acordo com as últimas contas deles mesmos – então não dá para ter certeza absoluta que só eu tenha lido algum livro publicado nesse imenso território nacional. Mesmo porque alguém mais pode ter lido o mesmo livro e não lembra, ou porque a obra não o marcou ou porque é esquecido mesmo. Mas que fica a impressão, isso fica.

Então, selecionei um TOP 5 dos livros que só tem um leitor no Skoob – eu mesmo. Você está no Skoob e tem um blog ? Faça a tua lista também e nos mostre pérolas esquecidas da literatura. E se você não está no Skoob, clique no banner aí do lado, cadastre-se e concorra a um Ipad, ou cem livros, à sua escolha.

O mistério do eterno retorno – Jean Prieur

O_MISTERIO_DO_ETERNO_RETORNO_1235830082P

Esse foi um dos livros que mais me influenciou na busca pelo meu caminho espiritual na adolescência. O autor dividiu a obra em duas partes. Na primeira, ele fala da gênese da idéia de reencarnação desde a Grécia antiga, com a metempsicose, até chegar em Kardeck, só para depois demolir completamente toda essa teoria. Depois ele passa a defender a sua própria teoria alternativa da reencarnação, que ele chama de “reencarnação da misericórdia”, que difere da reencarnação “tradicional” por ser voluntária e excepcional.

É um bom livro se você está interessado em como surgiu e evoluiu a teoria das vidas passadas. As críticas do autor à reencarnação podem não agradar kardecistas em geral, mas seus questionamentos fazem muito sentido, pelo menos na minha opinião. Vale a pena ser lido, nem que seja somente pela parte histórica.

100 Líderes Espirituais que mudaram a História do Mundo – Samuel Willard Crompton

100_LIDERES_ESPIRITUAIS_QUE_MUDARAM_A_HI_1234617693P

Esse é daqueles livros de listas que são muito populares por aí, tipo as cem maiores catástrofes, assassinatos, etc. Esse foi claramente “abrasileirado” porque no final ele apresenta alguns religiosos brasileiros, como Irmã Dulce, Chico Xavier e Dom Helder Camara. É bem superficial, como é de se esperar nesse tipo de obra, mas apresenta alguns personagens interessantes e pouco conhecidos, como teólogos mulçumanos, hinduístas e santos ortodoxos. Bom para achar assunto para o seu blog, principalmente se ele se chamar Depokafé… 🙂

Cristo de Lama – João Felício dos Santos

CRISTO_DE_LAMA_1262111343P

Romance histórico sobre o Aleijadinho. É bem interessante, mesclando fatos reais e a história inventada pelo autor. Apresenta um Aleijadinho perturbado, instável, dramático, sofrido, genial. Um bom livro, bem escrito e coerente, não sei porque não é mais conhecido. Deve ser porque não é assim tão novo. Uma pena, merecia mais atenção, é um livro curto e pode ser uma boa companhia para uma tarde chuvosa como hoje.

Além das profecias e previsões – Moira Timms

ALEM_DAS_PROFECIAS_E_PREVISOES_1262111639P

Sabe 2012, profecias maias, fim do mundo, essas coisas ? Pois eu já sabia disso tudo desde os anos 90, quando eu li esse livro.

É basicamente um apanhado de profecias, indo da Bíblia aos maias, passando pelos índios hopi e pela pirâmide de Gizé (!). Tudo isso para provar que o mundo está á beira de uma transformação radical. A autora parecia muito preocupada com o Saddam Hussein e deixa escapar de leve que assim, talvez, ele fosse uma espécie de Anticristo, um catalizador para a transformação final. Acho que ela estava meio errada, né ?

Outro ponto de destaque do livro é a defesa da ecologia e de práticas sustentáveis. Não entendi bem o que isso tem a ver com as profecias do fim do mundo, mas para a autora isso pareceu um ponto fundamental e ela dá dicas para uma vida mais ecológica. Apesar de meio desatualizado, pode ser uma boa leitura se você quiser conhecer mais a fundo algumas profecias apocalípticas ao redor do mundo. Só tente não ficar (muito) impressionado com elas. Quem viver, verá.

Diário de um príncipe no Rio de Janeiro – François Ferdinand Philippe Louis Marie D´orleans

DIARIO_DE_UM_PRINCIPE_NO_RIO_DE_JANEIRO_1270232091P

Um príncipe francês esnobe percorre o Brasil sendo paparicado e crítica o país no seu diário. Pronto, resumi o livro em uma frase.

Bom, não é tão simples assim, mas seria uma boa simplificação. O príncipe François faz algumas boas críticas ao Brasil império, como a indolência do povo e a falta de investimentos do governo em infra-estrutura, o que mostra que os mandatários do país não mudaram tanto isso nos últimos cento e tantos anos.

Senti falta de algumas explicações ao decorrer do diário, umas notas de rodapé, talvez. O livro acaba sendo muito “cru”, só o diário e nada mais, e de vez em quando você fica boiando em algumas partes. A parte mais interessante do livro é a narrativa da viagem dele a Minas Gerais, pelas péssimas estradas da época e tendo de caçar a comida da comitiva no meio da viagem. Se era assim para um nobre, imagina para os pobres mortais.

Se você gosta de história do Brasil, pode ser uma boa leitura. Só não fique muito bravo com o príncipe. Em algumas coisas ele estava certo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s