Saturnais XXIX: esperando a borboleta azul

Tudo com dantes nessa terra abençoada por Deus e bonita por natureza. Ou seja,calor, muito calor. Então vamos a vigésima-nona edição das saturnais. Nem eu esperava que fosse durar tanto…

O hipe da semana foi o site Googleoke. Só podia ser coisa de brasileiro mesmo. Músicas nacionais e internacionais “cantadas” pela voz que lê as traduções do Google Translate. Ficou muito bom. Separei uma para vocês, Rosana entre o amor e o poder. Outras estão disponíveis no site. Divirtam-se.

Rosana – O Amor e o poder by googleoke

Em terras estadunidenses, um grupo de universitários oferece revistas pornográficas em troca de uma Bíblia. A intenção é chamar a atenção (rimou !) é claro. Mas com a radicalização dos conservadores na terra do tio Sam eu tomaria muito se fosse esses jovens.

Se existe a Lei Maria da Penha, porque não existir uma Lei Mário da Penha ? Pois existe, conforme este divertido post no blog Desordem no Tribunal. Feministas que me leem (estou falando com você mesma, Deborah) não cliquem, vocês não vão gostar.

Depois de um longo e tenebroso inverno o genial Karlisson Bezerra retomou a sua série de tirinhas “O Guia do Programador das Galáxias”. Confiram no seu site, mas não esperem que ele chegue ao fim da história tão cedo…

—-

Ainda um tema nerd: Duke Nukem Forever vai ser finalmente lançado. Eu tinha por mim que não ia viver para ver o dia que a sequencia de Duke Nukem veria a luz do dia, afinal não é sempre que um jogo demora dez anos para ser concluído, mas agora vai. Espero que o jogo tenha saído bom, pelo menos, porque senão essa terá sido a verdadeira “década perdida”… Alegre

O que aconteceu de relevante no carnaval de 1931 em São Paulo ? Acabou o lança-perfume ! Que absurdo, não ? Mais uma que eu tirei do blog de propagandas antigas do Estadão.

1931.02.15-lança-perfume2

Você já sonhou em ganhar na loteria, comprar a empresa que você trabalha e mandar seu chefe embora ? Um caminhoneiro francês fez isso, mas manteve seu ex-chefe trabalhando “por pena”. Muito altruísta da parte dele, não ? Ah, se fosse eu…

Em Bangladesh, uma adolescente de 14 anos sangrou até morrer depois de levar oitenta chibatadas por supostamente ter feito sexo com um homem casado. Mas há suspeitas que ela tenha sido na verdade raptada por esse homem. Eu não consigo acreditar que em pleno século XXI essas coisas ainda aconteçam. Lamentável, deplorável, revoltante.

Da série “eu já sabia”: biografia de Fiuk encalha nas livrarias. Ah, jura ? Mas que surpresa…será porque a única coisa que as fãs do Fiuk leem são as etiquetas das suas roupas ? Pelo visto o meu túmulo estará seguro no futuro. Ainda bem.

Tuítada da semana: essa hebdômada (está no dicionário, procurem) foi fraca em tuítadas. Acho que o pessoal está sentindo falta do carnaval em fevereiro. Então a escolhida da semana é a favorita Isadora Ferrari e uma piadinha que pode não ser bem compreendida por todos:

Vídeo da semana: um filme de 1948 imaginava como seriam os carros no futuro. Erraram tudo, mas é divertido assim mesmo.

Lei de Murphy da semana:

Lei de Murphy sobre as expectativas
Expectativas negativas produzem resultados negativos. Expectativas positivas produzem resultados negativos.

Anúncios

2 comentários sobre “Saturnais XXIX: esperando a borboleta azul

  1. na notícia sobre o “encalhe” nas vendas da bio do fiuk [não tou por dentro dos números do mercado editorial, mas 10 mil livros parece um número razoável *no brasil*] fiquei mais espantada foi com uma pessoa que, criticando a pretensão do rapaz, estranha uma biografia de pessoa viva escrita pelo próprio biografado.

    três coisas: [1] o cara acha esquisito que biografem pessoas vivas, pra ele só existe bio de gente morta. [2] o cara nunca ouviu falar em autobiografia? [3] pra escrever uma autobio o biografado tem de estar vivo, caso contrário é uma psicografia, oras.

    [ok, entendo a premissa da notícia, imprimiram 30 mil e venderam só um terço, o cara esperava ter mais fãs, mas 10 mil livros no brasil parece um número adequado no varejo.]

    • Até concordo que 10 mil exemplares vendidos sejam um bom número em termos absolutos, dado o tamanho das tiragens no Brasil, mas considerando a superexposição desse rapaz na mídia deveria ter vendido mais sim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s