Meme literário de um mês – dia 14

Catorze (ou quatorze) é um número composto,que pode ser escrito de duas formas distintas como a soma de dois números primos (3+11 e 7+7) e também é um número defectivo. Estão vendo, meme literário também é cultura ! Inútil, é verdade, mas ainda assim cultura. E vamos à pergunta de hoje:

Se você pudesse fazer uma pergunta para o seu escritor preferido (vivo ou morto), qual seria o escritor e qual seria a pergunta?

Ao contrário das últimas duas perguntas, essa foi fácil. Eu faria uma pergunta para Douglas Adams. Sim, eu sei que é altamente improvável que eu consiga fazer uma pergunta a ele, já que ele morreu a mais de dez anos e como era ateu acho que ele não aceitaria incorporar em algum médium por aí, mas isso aqui é um meme e não um documentário.

Que pergunta eu faria ? Eu perguntaria, educadamente, P**** Douglas Adams, você tinha mesmo que ter escrito Praticamente Inofensiva ?

Para quem não está a par da polêmica, os fãs da obra de Douglas Adams se dividem entre aqueles que a consideram uma “trilogia de quatro livros”, excluindo dela Praticamente Inofensiva e os que acham que ela é uma “trilogia de cinco livros”. Eu acho que a saga do Guia do Mochileiro das Galáxias não ficaria completa sem Praticamente Inofensiva. Mas eu ficaria muito mais feliz se a história tivesse terminado no quarto livro.

ATENÇÃO: SPOILERS. PROSSIGA POR SUA CONTA E RISCO.

Para mim, o final do quarto livro, com Arthur, Fenchurch e Marvin descobrindo a Última Mensagem de Deus para a Humanidade é um desfecho muito mais coerente para a saga do que a história confusa de Praticamente Inofensiva. Não que o livro seja ruim. Há sacadas geniais, como as Bestas Perfeitamente Normais, Arthur se tornando fazedor de sanduíches e a filha dele com a Trillian se chamar Randon. Mas não ficou a altura dos outros quatro livros. Pô, Douglas Adams, não dava para ter descansado nos louros da fama não, meu filho ?

FIM DOS SPOILERS. E do post. Voltamos amanhã. Te espero aqui no mesmo horário, hein ?

Anúncios

3 comentários sobre “Meme literário de um mês – dia 14

  1. quando eu terminar de ler os cinco livros (até agora só li o primeiro) verei se concordo ou não. Sorte que eu não ligo pra spoilers, pois não resisto e acabo lendo. Mas é por minha conta e risco, tudo bem! 🙂

    Abraços!

  2. E você sabe que tem o livro 6 também, né?
    “Só mais uma coisa”, escrito pelo autor de Artemis Fowl, com autorização dos herdeiros do Douglas Adams…
    Eu acho que a tradução vai ser lançada aqui no Brasil esse ano ainda, li outro dia não-sei-onde…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s