Diário de um triste – dia 5

Eu passarinho. Vocês passarão.

“Vai passar”.

Essa é outra das frases que me deixariam rico se eu fosse remunerado a cada vez que eu a ouvisse.

Não vai passar. Não mesmo.

Uma gripe passa. Um ônibus passa. A uva passa.

Eu, passarinho.

Não se trata de fatalismo.

Não se trata de depressão.

Depressão é diferente de tristeza ! Muito diferente. Não tem nada a ver. Mas eu já disse isso aqui.

Não se trata de pessimismo. Nem de conformismo. Nem de qualquer outro “ismo”.

Se trata de ser. E não de estar.

Por isso esse diário chega ao quinto dia. Porque eu sou triste. Faltam dois dias.

Anúncios